adplus-dvertising

Como fazer uma decocção?

Como fazer uma decocção?

Como fazer: colocar a água para ferver e, logo que as primeiras bolhas estiverem sendo formadas, desligar o fogo. Despejar a água fervente sobre as plantas secas ou frescas, abafar e deixar repousar por 5 a 10 minutos. Por fim, coar e beber.

Qual a diferença entre decocção infusão e maceração?

Decocção: É um processo semelhante à maceração, sendo que o solvente utilizado, geralmente água, é aquecido a ebulição juntamente com a planta. ... Infusão Infusão é uma outra técnica de extração de plantas, muito usada para a obtenção de chás de plantas medicinais.

Para que serve a infusão?

A infusão na medicina, basicamente, consiste na administração de fluidos, como nutrientes e medicamentos, diretamente em uma veia, por meio de uma agulha ou cateter esterilizado. ... Ou seja, para algumas condições, a infusão é a única maneira adequada de administrar uma medicação e realizar um tratamento bem-sucedido.

Quais os benefícios do chá de amora?

A folha do chá de amora é riquíssima em vitaminas e minerais essenciais. O chá de folha de amora possui 25 vezes mais cálcio que a mesma quantidade de leite de origem animal. Manter os níveis de cálcio saudáveis contribui para a manutenção da saúde dos ossos, previne câncer de cólon e reduz o risco de obesidade.

O que é um equipo?

Os equipos são utilizados para administrar as medicações endovenosas, ou seja, são os remédios injetados diretamente na veia e geralmente essa via é utilizada nos momentos em que as soluções precisam ser absorvidas rapidamente.

Quais os tipos de equipo de infusão existentes?

equipos disponíveis

  • eql p. Indicado para uso em infusão parenteral e geral.
  • eql p top. Indicado para uso em infusão parenteral e geral.
  • smart p top. Indicado para uso em infusão parenteral e geral.
  • eql foto. Indicado para infusão de drogas fotossensíveis.
  • eql free. ...
  • EQL Free com filtro 0,2 mc. ...
  • EQL Free Foto. ...
  • EQS H.

Qual equipo de infusão é utilizado para dieta enteral?

A bomba de infusão é o meio mais indicado para a nutrição enteral e tem como principais benefícios e diferenciais: Facilita a administração de doses mais precisas de dieta de nutrição enteral, bem como a hidratação do paciente.

Como deve ser o processo de gotejamento da dieta?

Esse método consiste na oferta de 200 a 300 mL do alimento, durante 20 a 35 minutos a cada 4 a 6 horas. A infusão é livre, deixando o alimento fluir através do equipo por meio da força da gravidade. O gotejamento é uma parte importante nesse método, pois por meio dele é feito o controle do fluxo.

Como calcular o tempo de gotejamento?

Existem outras variáveis da fórmula que devem ser consideradas, principalmente quando o médico prescreve em volume/minuto. Nesse caso, a fórmula mais adequada é: Número de gotas/min = volume x 20 / valor em minutos.

Quais os passos para administração da dieta?

A dieta deve ser sempre administrada lentamente para evitar qualquer problema (diarréia, gases, náuseas e vômito), se a sonda estiver no estômago do paciente, o volume de um horário deve correr em 1h, se a sonda estiver no intestino, a velocidade deve ser mais lenta, ou seja, o volume de um horário deve correr em ...

Quem escolhe a via de administração da dieta do paciente?

A escolha do acesso enteral deve ser baseada na condição clínica do paciente, estado da patologia, anatomia do trato gastrointestinal, motilidade gástrica e intestinal, estimativa do tempo de uso da terapia nutricional e também nos riscos pertinentes a terapia (Algoritmo ASPEN 2010).

Qual a via de administração da dieta enteral?

Essa via alternativa de alimentação pode ser introduzida pelo nariz e posicionada no estômago (a sonda nasogástrica) ou no intestino delgado (a sonda nasoentérica). Também pode ser acoplada direto no abdômen com uma punção ou pequeno corte e direcionada ao estômago (gastrostomia) ou ao intestino (jejunostomia).

Quais são as vias de administração enteral?

Enteral vem do grego enteron (intestino): são as vias oral, sublingual e retal. Parenteral vem de para (ao lado), mais enteron. Ou seja, uma via que não é a enteral. São as vias intravenosa, intramuscular, subcutânea, respiratória e tópica, entre outras.

Quais as vias para alimentação?

Quando o indivíduo tem dificuldades para se alimentar por via oral (boca), é proposto para ele alternativas diferentes de alimentação para que, assim, ele não fique sem receber os nutrientes necessários à sua sobrevivência. Nesse caso, as opções propostas são as dietas enteral e parenteral.

Como é feita a alimentação por sonda?

Por menos de 4 a 6 semanas: Uma fina sonda de plástico é introduzida pelo nariz, descendo a garganta, até alcançar o estômago (chamada de sonda nasogástrica) ou o intestino delgado (sonda nasoduodenal). Se o nariz estiver lesionado, a sonda poderá ser inserida através da boca.

Como cuidar de um paciente com sonda Nasogastrica?

Assim, é necessário realizar a limpeza da sonda após o uso. Aplique 30 ml de água filtrada antes e após cada utilização, para assepsia. Injete com cuidado para que a pressão da água não rompa a sonda. Limpe também a parte externa do tubo, com gaze, água e álcool 70%, pelo menos, uma vez ao dia.