adplus-dvertising

Como se calcula o trabalho de uma força constante?

Como se calcula o trabalho de uma força constante?

No item anterior, para calcular o trabalho de uma força constante, utilizamos a equação T = F · d · cos θ. No entanto, existe outra maneira de calcular esse trabalho, utilizando, para isso, o método gráfico. A seguir, temos o gráfico de uma força F constante em função do deslocamento produzido.

O que é uma força variável?

Trabalho de uma força variável é semelhante a este, com uma diferença: a força aplicada não é constante. ... O cálculo do trabalho de uma força de módulo variável, ou seja, não constante, deve ser feito com base num gráfico, que relaciona a força, ou sua respectiva projeção, em função do deslocamento.

Por que a força elástica é uma força variável?

A lei de Hooke estabelece que, quando uma mola é deformada por alguma força externa, uma força elástica restauradora passa a ser exercida na mesma direção e no sentido oposto à força externa. Essa força elástica, por sua vez, é variável e depende do tamanho da deformação que é sofrida pela mola.

Porque a força elástica é chamada de força restauradora?

Denominamos força elástica a força com a qual uma mola reage a uma força externa que a comprime ou a distende. A reação da mola age no sentido de desfazer a alteração provocada em sua forma. É por isso que a classificamos como sendo uma força restauradora.

O que é uma força elástica?

A força elástica (Fel) é a força exercida sobre um corpo que possui elasticidade, por exemplo, uma mola, borracha ou elástico. Essa força determina, portanto, a deformação desse corpo quando ele se estica ou se comprime. Isso dependerá da direção da força aplicada.