adplus-dvertising

O que representa a crosta oceânica?

O que representa a crosta oceânica?

A crosta oceânica é composta essencialmente de basalto, formada por silicatos magnesianos (por isso antigamente chamada de sima). Tem 5 a 10 km de espessura e é mais densa que a crosta continental por conter mais ferro. As ondas sísmicas têm nela velocidade de 7 km/s.

Qual a idade da crosta oceânica?

A crosta oceânica recobre 60% da superfície do Planeta e tem pelo menos 180 milhões de anos. É a mais jovem as camadas da Terra. A sua espessura não ultrapassa 20 quilômetros em direção ao núcleo, sendo formada, principalmente por basalto.

Quais são os tipos de rochas que predominam na crosta oceânica?

basalto

O quê crosta?

Crosta é a camada mais externa da litosfera de um planeta ou corpo celeste. Trata-se de uma camada de rocha sólida que é em geral, menos densa do que as camadas inferiores.

Quais as características da crosta?

A crosta terrestre é a camada mais externa ou crosta do planeta Terra. É a parte superior da litosfera, com uma espessura variável de 5 a 70 km. A crosta é constituída principalmente por basalto e granito e fisicamente é menos rígida e mais fria do que o manto e o núcleo da Terra.

Onde começa a crosta terrestre?

A crosta terrestre começa logo acima do manto; é também chamada litosfera. A espessura da crosta terrestre varia entre 10 e 70 quilômetros.

Como é chamada a crosta terrestre?

A CROSTA TERRESTRE TAMBÉM É CHAMADA DE LITOSFERA.

Quais são os dois tipos de crosta terrestre?

Em termos de localização, a crosta terrestre pode ser dividida em duas partes: a crosta oceânica e a crosta continental. A oceânica é a mais fina, com uma profundidade que varia entre 5 e 10 quilômetros, enquanto a continental é mais grossa, variando entre 30 e 70 quilômetros.

Quais são os dois tipos de crosta terrestre uma delas forma as massas de terras emersas?

- A camada sima, também conhecida como crosta interior ou oceânica, cuja predomínio em sua composição é de basalto, minerais silício e magnésio. - A Camada sial, crosta superior ou continental, formada por sedimentos de rochas, granitos, silício e alumínio.

Porque a placa oceânica e mais densa?

Isso ocorre porque as rochas das placas oceânicas são mais densas que as rochas das placas continentais. Quando ocorre um choque entre duas placas oceânicas, apenas uma das placas afundará, no caso, a mais densa entre as duas. ... No movimento convergente, as placas tectônicas aproximam-se e chocam-se umas com as outras.

Qual é a placa totalmente oceânica?

Resposta. Resposta: A Placa Tectônica do Pacífico é a placa quase totalmente oceânica, ainda sim, a mais oceânica dentre as placas tectônicas.

O que acontece quando as placas tectônicas se afastam uma da outra?

O afastamento das placas pode resultar em terremotos e formar vulcões e vales rifte. Nesse movimento as placas ficam próximas e em seguida se batem umas contra as outras. Quando ocorre esse movimento entre uma placa oceânica e uma placa continental, a primeira volta ao manto e a segunda fica enrugada, formando dobras.

Qual é o motor que move a tectônica de placas?

Estudos recentes mostram que a principal força motriz para o movimento das placas tectônicas é a tração por peso da placa em subducção, porque as placas com a maior parte de suas bordas sendo subduzidas são as que se movem mais rápido.

O que move as placas?

As placas tectônicas literalmente flutuam sobre o magma. Desse modo, o que faz as placas tectônicas movimentarem-se é justamente o movimento desse magma! ... As células de convecção movimentam-se dessa forma porque as temperaturas são maiores nas áreas mais próximas ao núcleo.

Em quais placas litosféricas há afastamento?

Resposta. Resposta: Afastamento: Placa Indio Australia, Placa,Norte-Americana, Placa do Pacifico, Placa de Nazca e placa Sul-Americana.

Que são placas litosféricas?

As placas tectônicas são enormes blocos que fazem parte da camada sólida externa do planeta Terra, a crosta terrestre. ... É comum chamarmos esses fragmentos de “placas tectônicas”, mas o nome correto seria “placas litosféricas”. Isso porque elas atingem toda a camada exterior da Terra, conhecida como litosfera.

Em quais placas litosféricas há afastamento colisão e deslizamento B o que esses movimentos podem acarretar C em qual placa Litosférica se localiza o Brasil D nosso país está próximo ou distante das bordas da placa?

Resposta. Resposta: 1- Placa tectônica ou tectónica é uma porção da litosfera limitada por zonas de convergência, zonas de subducção e zonas conservativas.

O que os movimentos de afastamento colisão e deslizamento podem acarretar?

Esses movimentos são lentos e contínuos e realizam-se no que chamamos de limites entre as placas, podendo ser de afastamento, de colisão ou laterais. O resultado são as transformações na crosta terrestre, como a formação de montanhas, fossas oceânicas, atividades vulcânicas e abalos sísmicos como terremotos e tsunamis.

O que esses movimentos podem acarretar?

Resposta. Resposta: Esses diferentes movimentos são responsáveis por uma série de fenômenos na Terra: como a formação de montanhas, o surgimento de ilhas o alagamento de áreas, fenômenos naturais, como terremotos vulcões, distanciamento entre continentes, etc.

O que é esse movimento podem acarretar?

Além das alterações nas formas de relevo continentais e oceânicas, a movimentação das placas tectônicas também acarreta outros fenômenos geológicos, como a ocorrência de terremotos e também a manifestação dos vulcões.

Quais são as consequências do tectonismo?

As consequências do tectonismo Através do movimento das placas tectônicas surgem as montanhas, as depressões profundas ou os dobramentos. Na zona entre duas placas tectônicas há bastante terremotos e vulcanismos, posto que também desencadeia mudanças no relevo.

O que ocorre com os movimentos das placas tectônicas?

São três os principais tipos de movimentos das placas tectônicas: convergente, divergente e transformante. Eles são classificados conforme a direção do deslocamento.

Qual é a consequência do movimento de convergência?

Maremotos, terremotos, soerguimento de terras como ocorre nos Alpes. O movimento convergente baseia-se na ideia do encontro de duas placas tectônicas, esse encontro de placas faz com que a terra acima de mova e assim se formam os terremotos, esses terremotos como sabemos geram muitos problemas.

Mais tópicos