adplus-dvertising

Qual a ação da cisplatina?

Qual a ação da cisplatina?

A cisplatina é um remédio antineoplásico de administração intravenosa que atua interferindo com a multiplicação celular, sendo, por isso, muito utilizado no tratamento de vários tipos de tumor. A cisplatina não pode ser comprada na farmácia, pois deve ser administrada no hospital por um médico ou enfermeiro.

Quais os efeitos colaterais da cisplatina?

Reações adversas e efeitos colaterais do Cisplatina

  • Nefrotoxicidade. A insuficiência renal cumulativa e relacionada à dose administrativa é a principal toxicidade limitante da dose de cisplatina. ...
  • Ototoxicidade. ...
  • Hematológicas. ...
  • Gastrintestinais. ...
  • Distúrbios eletrolíticos séricos. ...
  • Hiperuricemia. ...
  • Neurotoxicidade. ...
  • Toxicidade ocular.

Quanto tempo a cisplatina age no organismo?

A atividade antitumoral da cisplatina é atribuída à ligação ao DNA, com formação de adutos, originando ligações intra e intercadeias que induzem alterações estruturais. O seu efeito citotóxico é, assim, causado pela inibição da transcrição e replicação, induzindo a apoptose.

O que é cisplatina história?

A Guerra da Cisplatina foi um conflito travado pelo Império do Brasil contra as Províncias Unidas do Rio da Prata (atual Argentina) pelo controle da Cisplatina, região que atualmente conhecemos como Uruguai. Essa foi a primeira guerra de que o Brasil participou como nação independente e estendeu-se de 1825 a 1828.

Quais as causas da Guerra da Cisplatina e como acabou o conflito?

No caso temos que a guerra das cisplatina foi causada pelos rebeldes que queriam a ruptura definitiva com o Brasil. Terminou na emancipação do Brasil e hoje se chama República oriental do Uruguai. Importante notar que o referido conflito aconteceu no tempo do Brasil imperial tendo grande importância histórica.

Por que a questão da cisplatina agravou a crise existente durante o Primeiro Reinado *?

Contribuiu para aumentar o descontentamento e a oposição ao governo de D. Pedro I. Entre 1825 e 1828, o Brasil se envolveu na Guerra da Cisplatina, conflito pelo qual esta província brasileira (atual Uruguai) reivindicava a independência. A guerra gerou muitas mortes e gastos financeiros para o império.

Como o Uruguai se separou do Brasil?

A primeira investida brasileira sobre o território vizinho aconteceu em 1811, no governo de dom João. ... O Uruguai só conquistou a independência do Império do Brasil graças ao movimento separatista local, que proclamou em 1828 a República Oriental do Uruguai.

Para que país o Brasil perdeu o território?

Resposta. O Brasil não perdeu território para ninguém, o máximo que aconteceu foi que a Cisplatina (atual Uruguai) se tornou independente quando o Brasil era império no século XIX.

Por que o Uruguai e Oriental?

A curiosidade do nome ORIENTAL vem da época da colonização e guerras, pois havia uma faixa a leste do Rio Uruguai chamada Banda Uruguaia, passando-se a chamar-se Província Oriental, parte das Províncias do Rio da Prata, passando a denominar-se habitualmente como oriental e até os uruguaios se auto intitulam orientais.

Como surgiu o Uruguai?

Uruguai, hoje, considerado um dos mais prósperos países da América Latina, teve uma origem singular. Não surgiu depois de uma luta pela independência como outros. Mas, sim, como resultado de um conflito entre vizinhos, a chamada guerra da cisplatina.

Quando foi fundado o Uruguai?

25 de agosto de 1825

Quantos habitantes tem no Uruguai 2020?

Os dados de População do Uruguai foram registrados em 3.

Qual é a localização do Uruguai?

Localização Geográfica - Costa Oriental Uruguay. O Uruguai está localizado em uma região estratégica dentro do Mercosul – entre o Brasil e a Argentina – e no centro do corredor econômico Santiago do Chile – Belo Horizonte, que concentra mais de 80% do PIB da região.

Quantos uruguaios vivem no Brasil?

Uruguaios
Argentina~110 000
Espanha~50 000
Austrália~10 000
México~5 000
Brasil???