adplus-dvertising

Como tratar diabetes em cães?

Como tratar diabetes em cães?

Tratamento: doses diárias de insulina, à base de rações dietéticas e, o mais importante, sessões diárias de exercício. No caso das fêmeas, em geral elas são castradas para que seus hormônios não atrapalhem a ação da insulina injetável.

Qual a glicemia normal de cachorro?

O tipo Mellitus é caracterizado pelo excesso de glicose (açúcar) no sangue. O nível normal de glicose para cães e gatos é de até 110 mg/dl (miligramas de açúcar por decilitros de sangue). Quando a taxa é superior a esta, é diagnosticado o diabetes.

Como é feita a curva glicemica em cães?

Protocolo para produzir curvas seriadas de glicose Coletar uma amostra de sangue antes da injeção de insulina. Coletar uma amostra de sangue a cada duas (a quatro) horas, se possível por 24 horas, mas, pelo menos, até a concentração ter novamente transposto acima do limiar renal.

Como aplicar insulina regular em cães?

A insulina deve ser administrada em um local calmo. Deve-se inverter o frasco e retirar com a seringa um pouco mais do que a dose necessária, devolvendo-se o restante na tentativa de retirar todas as bolhas da seringa. A injeção deve ser aplicada na prega cutânea do pescoço do animal.

Como funciona insulina NPH?

Seu principal objetivo é a manutenção da glicemia estável no período entre as refeições. A insulina NPH é a única representante das insulinas lentas. Ela começa a agir em 1 a 2 horas, tem seu pico de ação em 5 a 7 horas e duração de ação de 13 a 18 horas.

Qual é a via de administração da insulina?

administração: exclusiva por via subcutânea (contra-indicada por via intramuscular ou intravenosa). Não misturar com outras Insulinas, ou com outras soluções.

Como deve ser administrada a insulina?

A recomendação médica é que a insulina seja injetada no tecido subcutâneo, camada de gordura que fica logo abaixo da pele. Se a agulha atingir o músculo, por exemplo, a insulina será absorvida mais rapidamente, sem falar que a dor será maior.

Quais são as principais reações adversas com a administração da insulina?

O principal efeito colateral de qualquer tipo de insulina é a hipoglicemia, que é a redução exagerada da glicose. Esta alteração provoca sintomas como tremores, tonturas, fraqueza, transpiração e nervosismo, e é muito perigosa, pois, se não for corrigida rapidamente, pode causar desmaio e até coma.

O que causa uma injeção mal aplicada?

Consequências como: - Abscesso ou infecções devido à falta de higiene durante a administração. - Hematomas em um vaso sanguíneo, uma das complicações mais comuns de injeção. - Lesão do nervo ciático localizado nas nádegas, causando dor, dormência e fraqueza muscular ou até paralisia na perna.

Quais lugares posso aplicar insulina?

Além do abdômen é a região com ação mais rápida da insulina, porém, é recomendável que a aplicação seja feita com a ajuda de outra pessoa, sendo uma região de difícil acesso. A região ideal para aplicação fica três dedos abaixo da axila, logo acima do cotovelo.

É normal ficar roxo após aplicação de enzimas?

É importante ficar atento também em algumas reações que podem acontecer, mas que são normais. Após o procedimento, o paciente pode notar inchaços e manchas roxas, principalmente se ele for uma pessoa que possui muitos vasos. O ideal é evitar expor estas regiões ao sol para evitar que as manchas fiquem mais evidentes.