adplus-dvertising

Quais são as vacinas previstas no calendário de vacinação nacional?

Quais são as vacinas previstas no calendário de vacinação nacional?

  • 1 mês. Vacina contra hepatite B. 2ª dose. ...
  • 2 meses. Vacina tetravalente (DTP + Hib) (2)
  • 4 meses. VOP (vacina oral contra pólio) 2ª dose. ...
  • 6 meses. Vacina tetravalente (DTP + Hib) ...
  • 9 meses. Vacina contra febre amarela (5)
  • 12 meses. SRC (tríplice viral) ...
  • 15 meses. VOP (vacina oral contra pólio) ...
  • 10 anos. Vacina contra febre amarela.

Para que serve o calendário vacinal?

Seu principal objetivo é a erradicação e a prevenção de surtos e epidemias por meio da vacinação. Por isso, campanhas foram projetadas e a partir daí o Calendário Nacional de Vacinação foi criado.

Qual é a importância do calendário de vacinação?

A principal importância é manter a sua proteção por um determinado período. Com o passar do tempo a imunidade vai cair e, por isso, é preciso tomar as outras doses, para que o sistema de defesa imunológico volte a fabricar anticorpos contra o agente que a vacina se propõem a proteger.

Por que é importante respeitar o calendário de vacinação é manter as vacinas em dia?

Portanto, uma das principais responsabilidades dos pais em relação aos seus filhos é manter o calendário de vacinação em dia. Isso deve acontecer desde que são recém nascidos e, posteriormente crianças e adolescentes. Isso garante a proteção de doenças graves no presente e também durante o crescimento.

Quais são os dois tipos principais de imunização existentes?

Oi! Em relação aos tipos de imunização existentes, podemos afirmar que existem a imunização ativa e a imunização passiva. Nos processos que envolvem a imunização ativa, sabe-se que acontece em situações nas quais o indivíduo entra em contato direto com o agente patogênico que ocasiona a doença.

O que é Imunoprevenção?

RESUMO: A imunoprevenção objetiva a prevenção de doenças, a promoção da saúde e a redução da morbidade e mortalidade por doenças infectocontagiosas. Todas passíveis de ser evitadas por meio de vacinas específicas.

O que é imunização ativa e passiva exemplos?

A imunidade ativa natural ocorre quando ficamos doentes, por exemplo. Já a imunidade ativa artificial é aquela que ocorre como consequência da vacinação. Quando recebemos leite da mãe, temos uma passagem natural de anticorpos para o bebê, sendo, portanto, um caso de imunidade passiva natural.

Quais os antígenos natural e artificial adquiridos pela imunização ativa?

Quais os antígenos, natural e artificial, adquiridos pela Imunização Ativa, respectivamente? Doenças e Vacinas.