adplus-dvertising

Como se recuperar de uma hérnia de disco?

Como se recuperar de uma hérnia de disco?

Para uma boa recuperação, é preciso não deixar de fazer sessões de fisioterapia, para recuperar os movimentos mais rapidamente. Dessa forma, o paciente consegue voltar às suas atividades normais entre 5 a 10 dias após a cirurgia de hérnia de disco.

Como descomprimir a hérnia de disco?

A fisioterapia é excelente para o tratamento da hernia de disco e pode ser feita com exercícios de alongamento e fortalecimento, equipamentos eletrônicos, uso de compressa quente. Outras técnicas que podem ser úteis são o Pilates, hidroterapia, RPG e a tração na coluna, por exemplo.

Quem tem hernia pode fazer quiropraxia?

Com essas informações é possível concluir que a Quiropraxia para hérnia de disco é capaz de corrigir o alinhamento da coluna. Ela alivia a pressão sobre os discos e devolve o equilíbrio do corpo. O paciente consegue retomar suas atividades e deixa de sentir as dores que atrapalham seu desempenho.

Quem tem hérnia de disco pode fazer quiropraxia?

Resultado obtido: A quiropraxia é um tratamento bem indicado para a hérnia de disco lombar, porém o mais recomendado é que ela seja associada com outros recursos, como por exemplo, os exercícios fisioterápicos e também que seja realizado um trabalho multidisciplinar.

Quantas sessões de quiropraxia são necessárias para hérnia de disco?

O diagnóstico é individual, pode ser que você precise de apenas cinco sessões ou de 20. A frequência também varia com a gravidade do problema. Pessoas com muita dor podem fazer sessões diárias até o problema aliviar e, depois, diminuir a frequência.

Quem tem hérnia de disco pode fazer acupuntura?

A acupuntura para hérnia de disco reduz as contrações musculares, desbloqueando as tensões em torno da hérnia de disco. Com isso, ajuda no relaxamento total e na rápida recuperação do paciente.

Quais as contraindicações da quiropraxia?

Contraindicações da Quiropraxia Para algumas pessoas, a Quiropraxia não é indicada. Entre elas estão as pessoas com doenças articulares, com fraturas ou com doenças mais específicas, que pedem a liberação de um médico especialista.

Mais tópicos