adplus-dvertising

O que é depressão dupla?

O que é depressão dupla?

Muitas vezes, os portadores de distimia desenvolvem a chamada depressão dupla. Ou seja: junto com a depressão crônica de longa duração, eles têm episódios de depressão maior, que é o tipo mais grave. Quando isso acontece, é preciso tratar as duas formas da doença para que a recuperação seja completa.

Quais as diferenças entre transtorno depressivo maior e transtorno depressivo persistente?

Dessa forma, podemos entender que apesar dos sintomas da distimia serem mais brandos, trata-se de uma doença crônica, enquanto o transtorno depressivo maior manifeste-se de uma forma mais grave, mas por um período menor de tempo.

O que é uma pessoa com distimia?

O QUE É DISTIMIA? A Distimia é um tipo de Depressão. Ou seja, é um transtorno que afeta o nosso humor e a nossa vitalidade. A diferença entre ela e a Depressão é que os sintomas são menos intensos, mas duram muito mais tempo.

O que a distimia pode causar?

Fatores ambientais: tal como acontece com a depressão, o ambiente pode contribuir para a distimia. As causas ambientais são situações da vida que são difíceis de lidar, como a perda de um ente querido, problemas financeiros ou um alto nível de estresse.

Como saber se tem distimia?

Para diagnosticar a distimia é preciso diferenciá-la da instabilidade de humor (euforia-depressão) e depressão propriamente dita. Vejamos alguns sintomas da distimia: falta de apetite e energia, baixa autoestima, dificuldade de concentração, desesperança etc.

Qual o tratamento para disritmia cerebral?

A disritmia não tem cura, assim como quase toda a doença cerebral, por ser algo não normal na funcionalidade do sistema cerebral, podendo ser curada apenas se o cérebro fosse trocado, o que hoje é impossível de se fazer, afinal não existe transplante de cérebro, quando nosso corpo morre, o cérebro morre e não é ...

Quais os sintomas de arritmia cerebral?

Sintomas de Arritmia

  • Incômodo, peso ou dor no peito.
  • Batimentos acelerados, em caso de taquicardia.
  • Batimentos lentos, em caso de bradicardia.
  • Falta de ar.
  • Tontura.
  • Desmaio.
  • Palidez.
  • Sudorese.