adplus-dvertising

O que pode causar Encefalomalácia?

O que pode causar Encefalomalácia?

encefalomalacia e uma doença muito grave pode levar a morte? Várias doenças que danifiquem o encéfalo o bastante para diminuírem sua densidade resultam em encefalomalácia, sendo as mais comuns por AVEs, tumores que comprimiram o tecido cerebral por tempo prolongado, traumatismos cranianos, etc.

O que é uma Encefalomalacia?

Significado de Encefalomalacia substantivo feminino Amolecimento cerebral; flexibilidade ou diminuição da rigidez do cérebro causada por alterações, ou modificações, degenerativas do tecido nervoso.

O que é Encefalomalacia Gliose?

O que é encefalomalacia/gliose? É uma cicatriz que se forma no cérebro em decorrência de algum dano, como trauma, AVC, infecção, entre outros.

O que é mielinização terminal?

Mielinização. A mielinização faz parte do processo de desenvolvimento cerebral. A mielina é uma camada lipoprotéica que envolve e protege a condução nervosa dos axônios dos neurônios, tornando-a mais rápida e eficaz.

Em qual idade finaliza Se o processo de mielinização do sistema nervoso?

O estágio final de maturação ontogenética do sistema nervoso é marcado pelo processo de mielinização; este se inicia no útero (sexto mês de vida intra-uterina), se intensifica após o nascimento (por volta dos dois anos), e prossegue às vezes até a terceira década (REED, 2005, p. 395).

Como ocorre a mielinização dos neurônios?

A maioria dos axônios dos neurônios motores é mielinizada, ou seja, são recobertos por uma bainha de mielina, que é uma substância “gordurosa” que isola a membrana celular do neurônio. ... Tal fenômeno faz com que o impulso nervoso seja conduzido muito mais rapidamente que em axônios não mielinizados.

O que acontece numa sinapse química?

Nas sinapses químicas se ligam aos neurotransmissores para saltar do neurônio pré-sináptico e chegar ao neurônio pós-sináptico. Os neurotransmissores só conseguem chegar a célula final, sem se perder no meio da fenda, porque se ligam aos canais receptores presentes nas membranas da célula pós-sináptica.