adplus-dvertising

Qual foi o motivo da Guerra do Peloponeso?

Qual foi o motivo da Guerra do Peloponeso?

De acordo com Tucídides, a razão fundamental da guerra foi o crescimento do poder ateniense e o temor que tal despertava entre os espartanos. A cidade de Corinto foi especialmente atuante, pressionando Esparta a fim de que esta declarasse guerra contra Atenas.

O que foi a Guerra do Peloponeso quem venceu?

A Guerra do Peloponeso foi longa e exigiu esforço máximo de Atenas e Esparta para conseguir-se a vitória. Em 404 a.C., os atenienses renderam-se. O século de Péricles, caracterizado pelo apogeu de Atenas e pela fundação da democracia, foi destruído nessa guerra.

Qual a data do início e fim da Guerra do Peloponeso?

Esse conflito estendeu-se de 431 a.C. a 404 a.C., contando com um breve período de trégua conhecido como Paz de Nícias. Os espartanos contaram com o apoio dos persas e, aproveitando-se da indecisão dos atenienses, venceram o embate. A Guerra do Peloponeso contribuiu para o enfraquecimento das cidades gregas.

O que foi a Guerra do Peloponeso e suas consequências?

A Guerra do Peloponeso terminou em abril de 404 a.C., após a rendição de Atenas e a conquista espartana em Helesponto. Os espartanos deram suporte a um golpe oligárquico em Atenas, derrubando o sistema democrático e implantando um sistema de governo autoritário conhecido como Tirania dos Trinta.

Como as guerras do Peloponeso se relacionam com a invasão macedônica da Grécia?

Esta guerra de gregos contra gregos representou o fim da democracia ateniense e o início do declínio da civilização grega, pois o enfraquecimento decorrente do conflito resultou no domínio macedônico um século depois. ... Os aliados passaram ainda a pagar tributos aos atenienses, o que causou um agravamento nas alianças.

Quais foram as consequências da guerra do Peloponeso para a Grécia?

Essa mudança ficou marcada como “Tirania dos Trinta”. Contudo, a consequência mais drástica resultante da Guerra do Peloponeso, foi o empobrecimento extremo da população grega. O que resultou na ruína econômica de muitas cidades, algumas que eram consideradas poderosas durante o comando da Liga de Delos.

Como a Guerra do Peloponeso contribuiu para a conquista da Grécia?

Resposta. Sendo uma guerra entre as duas maiores potências da Grécia, Esparta (Liga do Peloponeso) e Atenas (Ligas de Delos), o conflito causou um enorme desgaste no mundo grego, já que a tradição ateniense foi substituída pelo militarismo espartano, além disso, a Grécia deixou o sonho de unidade.

O que possibilitou a conquista da Grécia?

O enfraquecimento das cidades gregas, após a guerra do Peloponeso possibilitou a conquista da Grécia pelos: * Bizantinos. Hititas. Assírios. Peças.

Quais foram as principais batalhas das Guerras Médicas?

Inicialmente, os persas venceram os gregos na Batalha das Termópilas e na Batalha de Artemísio, permitindo-os invadir a maior parte da Hélade e incendiar Atenas. A frota ateniense, porém, comandada por Temístocles, conseguiu destruir a frota persa na Batalha de Salamina e mudou o rumo da guerra.

O que foram as Guerras Médicas e suas consequências?

As guerras trouxeram conseqüência, sendo elas hegemonia de Atenas sobre as demais cidades gregas; revigoramento da democracia; decadência do Império Persa; formação da confederação de Delos e rivalidade entre Atenas e Esparta.

Quais foram os resultados das Guerras Médicas?

Sob a liderança dos atenienses, a Pérsia foi finalmente derrotada com a assinatura do Tratado de Susa, estabelecido em 448 a.C.. As Guerras Médicas mobilizaram as forças militares de várias cidades-Estado gregas.