adplus-dvertising

Qual a finalidade da demonstração de lucros ou prejuízos acumulados?

Qual a finalidade da demonstração de lucros ou prejuízos acumulados?

A DLPA é a Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados, utilizada para mostrar as mudanças que ocorreram no Patrimônio Líquido no período e onde ele foi aplicado. Estas mutações patrimoniais podem ser aumento do lucro ou do prejuízo acumulado.

Quando eles falam em lucro e prejuízo eles estão se referindo a qual demonstrativo?

A DRE (Demonstração de Resultados do Exercício) é um relatório contábil e administrativo que oferece de forma agrupada um resumo das despesas, das receitas e do lucro ou prejuízo final de empresa dado um determinado espaço de tempo (geralmente 12 meses), utilizando-se do regime de competência./span>

O que é prejuízo contábil?

O prejuízo contábil origina-se na contabilidade, quando as receitas de determinado exercício são superadas pelas despesas e custos (sob o regime de competência), sendo sua compensação efetuada com reservas existentes ou com lucros contábeis futuros./span>

Pode haver acumulação de prejuízo acumulado no balanço patrimonial?

Os prejuízos acumulados são o saldo contábil negativo da empresa antes de este ser assimilado pelo lucro acumulado. ... Se tanto o lucro quanto o prejuízo acumulado da empresa integram a mesma conta, o natural é que um abata o outro. Assim, se há prejuízo acumulado, o lucro irá “pagar” esse saldo negativo./span>

O que fazer com os lucros acumulados?

Com a nova redação da referida Lei, a conta de lucros acumulados não poderá mais figurar no patrimônio líquido das Sociedades Anônimas, salvo se a caráter transitório, devendo ter seu saldo destinado (zerado) até a data de encerramento do balanço patrimonial./span>

Quando a empresa tem prejuízo pode distribuir lucro?

Uma empresa com prejuízos em seu Patrimônio Líquido não pode distribuir lucros. A expressão "distribuir lucros tendo prejuízos" é até contraditória. ... Parágrafo único. o prejuízo do exercício será obrigatoriamente absorvido pelos lucros acumulados, pelas reservas de lucros e pela reserva legal, nessa ordem./span>

Como distribuir os lucros de uma empresa?

A distribuição dos lucros deve ser feita de forma proporcional, de acordo com o número de cotas do capital social da empresa que cada sócio possui. Assim, suponhamos que uma empresa com dois sócios em que um tenha 70% do capital social e o outro apenas 30% tenha lucrado 10 mil reais em determinado período./span>

Qual o valor limite para distribuição de lucros Simples Nacional?

A legislação tributária permite a distribuição de lucros isentos de impostos entre os sócios de até 32% da receita. Portanto, o lucro distribuído é equivalente a R$/span>